Whisky

Whisky

sábado, 3 de outubro de 2015

Whiskey Irlandês

A Irlanda é para muitos o local de nascimento do whisky. Porém, se a destilação da bebida tem suas origens naquele país ou na Escócia, é algo que provavelmente nunca saberemos.


Com seu whiskey singular e autêntico, a Irlanda oferece uma bebida de gosto inconfundível, marcado pela tradição. O tempo não o alterou significativamente, em parte por conta da tridestilação em alambique, em parte pelo uso de cevada não maltada, finalmente pela ausência do defumado.

Grande parte dos whiskeys irlandeses é tridestilada, tradicionalmente com o uso do alambique e modernamente em destiladores contínuos para a obtenção do Grain Whiskey para os blends. A secagem do malt nas destilarias irlandesas é feita sem recurso à turfa. O Irish deve ser maturado, por três anos no mínimo, em barris de madeira.


Assim como o Scotch Whisky, o Irish Whiskey deve sua denominação ao país onde é destilado e envelhecido. Considera-se Irish somente o whiskey destilado e envelhecido na ilha da Irlanda.

A elaboração apresenta duas diferenças em relação ao Scotch: o Irish é destilado três vezes, contra duas, em geral, no Scotch, e entra na sua composição cerca de um terço de cevada não maltada. Alterando a porcentagem de cada ingrediente, chega-se a diferentes resultados, desde o whiskey leve até o pesado. Esta inserção de cevada não maltada se deu no início do século XIX. Um imposto sobre o malte levou os destiladores a empregar grandes proporções de cevada não maltada, e isso permaneceu um elemento definidor do sabor atual dos whiskeys irlandeses.

Além disso, na elaboração de Irish Whiskey utiliza-se carvão para aquecimento, material que não exerce influência significativa no sabor da bebida. A ausência do aroma e do gosto defumado, característicos de muitos whiskies escoceses, contribui para a diferença. Embora a geografia da Irlanda seja bastante turfosa, talvez a turfa não tenha sido usada porque a indústria ficou importante muito antes de o corte da turfa ter sido mecanizado, e portanto as destilarias preferiam usar madeira ou carvão para secar seu malte.


Devido à sua tripla destilação, o Irish apresenta-se com maior teor alcoólico na saída do alambique do que o scotch. Como na comercialização ambos tem de possuir um mínimo de 40%, a necessidade de água de diluição é maior no irlandês.

A maturação se dá em barris de carvalho utilizados anteriormente para rum, brandy, bourbon ou jerez. Outra particularidade irlandesa diz respeito ao toque condimentado que a cevada crua confere à bebida.


A Irlanda produz quatro tipos de whiskey. O whiskey do tipo pure pot still é difícil encontrar em outros lugares. O whiskey pot still é feito de cevada maltada e não maltada misturadas em um alambique tradicional. Hoje em dia, ele só é produzido pela Midleton e só existem duas versões do whiskey pure pot still, o Redbreast e o Green Spot. No entanto, ele pode ser encontrado como matéria-prima dos whiskeys irlandeses mais populares, incluindo o Jameson, Paddy e principalmente o Powers Gold Label.

O whiskey do tipo single malt é feito somente de cevada maltada. É um estilo popular, produzido em toda parte, da Escócia ao Japão. Na Irlanda é fabricado pela Bushmills e pela Cooley, em diversas idades. Em sua maior parte, os single malts irlandeses não são turfados, mas a Connemara quebra essa tendência com um clássico malt irlandês turfado.



Produzido em um alambique de coluna, o whiskey de grão é normalmente feito de milho na Irlanda. Tem um sabor mais suave que o whiskey de malte ou que o pure pot still. Midleton e Cooley fazem whiskeys de grão. A primeira usa grão nos whiskeys Jameson e Paddy, por exemplo. Cooley usa seus grãos para blends, apesar de também engarrafar um single grain de 8 anos chamado Greenore. As marcas de whiskey irlandês tais como Jameson, Powers, Paddy, Black Bush e Kilbeggan são blends. Na Irlanda, isso significa que é feita uma mistura de whiskey de grão com pot still e single malt, podendo-se usar um dos dois ou os dois.

4 comentários:

  1. Oi Michel, não sei se te interessa, mas FYI:
    http://www.belgaleria.com.br/catalogo.asp?PgI=0&p=&Dia=&Num=2979&Vig=0&Fav=0&Tipo=&Srt=0&Pesquisa=
    Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela dica a.v. lombardi. Vou conferir.

      Excluir
  2. Não sei, mas talvez seja interessante para colecionador, o que não é o meu caso. Sou apenas um reles apreciador que de vez em quando toma uns 'drams'. Recentemente sugeri que vc tentasse elaborar uma tabela de blendeds classificando-os de acordo com as suas características (frutados, defumados etc.). Talvez seja interessante não uma mas duas tabelas, uma com blendeds premium e outra com standards.
    Abs. e parabéns pelo blog.
    PS. escrevi este comentário 2 vezes. Não sei o que aconteceu da primeira vez, que apagou. E eu ainda não bebi nada hj.

    ResponderExcluir
  3. a.v. lombardi, entrei no site de leilões e vi muita coisa boa lá. Também sou apenas um apreciador e minha coleção é de miniaturas e encontrei algumas por lá. Quanto às tabelas, estão na minha lista de tarefas. Fica tranquilo. Um abraço.

    ResponderExcluir

Dê sua opinião: